Notícias
Por Oxiteno, em 20 de dezembro de 2017

Conheça as plataformas tecnológicas e as novidades do segmento de Petróleo e Gás

No segundo semestre de 2017, o time de Petróleo e Gás, atento às tendências do mercado e aos diferenciais que a Oxiteno pode oferecer a essa indústria, lançou novos produtos que completam seu portfólio de atuação e atendem às necessidades das companhias de serviço. Com foco no mercado e em seus clientes, o segmento lançou novos produtos e diversificou seu portfólio através das plataformas tecnológicas de Perfuração, Estimulação, Otimização da Produção, Integridade de Ativos e Garantia de Escoamento.

Nossa ampla linha de aditivos para fluidos de perfuração e agentes de limpeza de poços, que compõem a plataforma de Perfuração, garantem eficiência e segurança na etapa de construção e completação do poço de petróleo. Nessa plataforma, destacamos os produtos ULTROIL® OE 040, que atua como fase contínua em fluidos base óleo, e o ULTROIL® WM, um desengraxante que facilita as etapas de limpeza ao longo da operação, ajudando a remover resíduos oleosos que ficam no poço de petróleo durante a perfuração. Com este novo produto, a Oxiteno terá um grande diferencial em relação a seus concorrentes já que este será um dos únicos desengraxantes de alta performance produzido no Brasil, reduzindo assim os custos dos clientes. “Recentemente foi desenvolvida ainda uma solução de alta tecnologia criada especialmente para um Key Account que buscava um produto competitivo como emulsionante de fluido base óleo. Para atender a essa demanda rapidamente, trabalhamos intensamente e o produto foi desenvolvido em cerca de três meses e agora está em fase de testes nos laboratórios do cliente nos Estados Unidos”, conta Olívia Cueva, pesquisadora sênior de Petróleo e Gás.

Na plataforma tecnológica de Estimulação, que visa proporcionar melhor desempenho nas operações de intervenção de poços e na recuperação de hidrocarbonetos, contamos com a completa linha ULTRAWET® de preventores de emulsão para evitar que o óleo se misture com os fluidos injetados, aumentando a eficiência de estimulações com uso de soluções ácidas (formação comum nesse tipo de emulsão); além da nossa linha de flowback aids.

Quando o poço já está em funcionamento, entram em cena os produtos da plataforma de Otimização da Produção, também conhecida como separação de fases, uma das etapas mais críticas na produção de petróleo. A eficiência do processo de separação dos fluidos produzidos está diretamente relacionada à quebra de emulsões, o que garante a produtividade e competividade das empresas produtoras. Nessa plataforma destacam-se nossos desemulsificantes da linha ULTROIL® EB, que separam a água e o óleo emulsionados garantindo a qualidade dos diferentes fluidos produzidos (água, óleo e gás); e o nosso produto ULTROIL® FW 2050, que é um agente espumante para aplicações de deliquificação de poços de gás. Este produto mantém alta performance mesmo em ambientes com amplas faixas de pH, altas temperaturas e em salmouras mais concentradas.

Já a plataforma de Integridade dos Ativos visa garantir a vida útil dos equipamentos usados na exploração e produção de Petróleo e Gás. Corrosão é uma séria ameaça para os ativos dessa indústria, em todas as etapas, desde a exploração até produção e refino. Buscando ajudar as prestadoras de serviço a enfrentarem mais esse desafio, desenvolvemos a linha de inibidores de corrosão ULTROIL® CI, que proporciona proteção anticorrosiva, mantendo a integridade de materiais metálicos utilizados no transporte e armazenamento de hidrocarbonetos. Também parte importante dessa plataforma, lançamos recentemente o sequestrante de H2S ULTROIL® SV 70, que remove o H2S do petróleo, reduzindo os perigos à saúde e ao meio ambiente e garantindo a segurança da operação.

Por fim, temos a plataforma tecnológica de Garantia de Escoamento, composta de produtos como inibidores de hidratos termodinâmicos e controladores de parafina e asfalteno, de forma que assegurem o bom fluxo dos fluidos. “Ao longo do processo de extração, ocorrem depósitos nas tubulações e nos equipamentos de parafinas, asfalteno e hidrato. Esses depósitos fazem com que o petróleo ou gás não fluam bem, gerando diminuição da performance e, em casos mais graves, até mesmo o bloqueio das tubulações. Estamos estudando tecnologias complexas para atuar na prevenção, dispersão e limpeza de tais depósitos”, explica Olívia. Já contamos em nosso portfólio com o MEG para prevenir a formação de hidratados e as soluções para controle de asfalteno e parafina se encontram em desenvolvimento.

“Até o meio do ano passado, o portfólio do segmento era voltado aos produtos que já tinham boa penetração no mercado. O momento agora é de ouvir os nossos parceiros e focar no desenvolvimento de formulações especiais para atender às especificações e necessidades de nossos clientes, aumentando o número de produtos em nosso portfólio e oferecendo soluções sob medida”, Olívia Cueva, pesquisadora sênior de Petróleo e Gás